Itália adquire o estatuto de país convidado da CACI e integra a IBERMEDIA

Foi subscrito um Acordo de Cooperação e Intercâmbio no dia 23 de outubro em Roma

 

Com a assinatura, no passado domingo dia 23 de outubro de 2016, de um Acordo de Cooperação e Intercâmbio entre a CACI e a Direção-Geral de Cinema do Ministério dos Bens e das Atividades Culturais e do Turismo de Itália, ficou selada uma aliança entre este país europeu e o bloco ibero-americano, que permitirá imediatamente a sua participação nas reuniões ordinárias e extraordinárias da Conferência das Autoridades Cinematográficas da Ibero-América, bem como no PROGRAMA IBERMEDIA, para cujo fundo financeiro contribuirá anualmente com 600 mil euros a partir de 2017.

A aliança, a primeira do seu género com um Estado não ibero-americano, foi subscrita pelo Secretário Executivo da Cinematografia Ibero-Americana, Manoel Rangel, em representação da CACI, e por Nicola Borrelli, Diretor-Geral de Cinema do Ministério dos Bens e das Atividades Culturais e do Turismo de Itália, um país com profundas raízes culturais na região ibero-americana e com importantes fluxos migratórios em todo o século XX, com o qual se partilha também o interesse de fortalecer as nossas cinematografias como expressão cultural das nossas nações.

O Acordo foi precedido de uma série de aproximações institucionais que possibilitaram a participação de uma representação italiana na VII Reunião Ordinária da CACI, celebrada em Madrid nos dias 14 e 15 de junho de 1999, na qual as Partes exprimiram o interesse partilhado em subscrever um acordo bilateral, um marco que é agora alcançado, após 17 anos de aproximações.

A influência do Neorrealismo italiano na corrente do Novo Cinema Latino-americano remonta a ligação de ambas as partes a várias décadas de interação, e foram numerosas as obras co-produzidas entre a Itália e algumas das cinematografias mais conhecidas da América Latina; hoje em dia, um terço dos países integrantes da CACI possui acordos bilaterais de co-produção com a Itália, entre eles a Argentina, Cuba, Chile, Espanha, México e Venezuela.

O acordo subscrito, que permite a articulação funcional com o Programa IBERMEDIA, possibilitará a participação a partir de 2017 de projetos italianos a serem considerados em co-produção com países integrantes da CACI, desde que pelo menos um deles seja latino-americano e tenham lugar efetivos contributos técnicos e artísticos.

Com este passo, a CACI e o Programa IBERMEDIA apostam na afirmação da identidade do espaço audiovisual ibero-americano e na dinamização das suas ligações orgânicas a outros Estados e regiões do mundo, procurando a sua maior interrelação e crescimento, bem como o fortalecimento de nexos que sejam benéficos para o conjunto dos países-membros da CACI.